Hospital Icaraí realiza Teleconferência Sepse 2017

 


A parceria entre o setor de Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Icaraí-UTI e o Instituto Israelita Albert Einsten possibilitou a realização da Teleconferência Sepse 2017, que aconteceu nesta segunda (03/07), no Centro de Estudos do Hospital Icaraí. O evento contou com a participação de aproximadamente 50 profissionais da área de saúde.


De acordo com especialistas do Hospital Icaraí, a Sepse caracteriza-se pelo conjunto de manifestações graves em todo o organismo produzidas por uma infecção. Conhecida atualmente como infecção generalizada, a doença é a principal geradora de custos nos setores público e privado. Isso ocorre devido à necessidade do uso de medicamentos caros e exigência de muito trabalho da equipe médica.


Pesquisas comprovaram estatisticamente que em 2003 foram registrados cerca de 398 mil novos casos e 227 mil mortes por choque séptico no Brasil com destinação de um valor aproximado a R$ 17,34 bilhões ao tratamento.


O tratamento rápido das infecções, no entanto, é uma estratégia que deve ser adotada. Quanto mais demorado o início do tratamento menor é a resposta do organismo do paciente, podendo elevar as chances de óbito. Os profissionais acrescentam também que além da gravidade da infecção, outro fator importante que deve ser levado em consideração no prognóstico é a capacidade do organismo do paciente em combater a infecção.